top of page

Política de preço da Petrobras reduz volatilidade e mantém competitividade do mercado

Estudo da LEGGIO Consultoria, publicado pelo G1, avalia como ficaram os preços dos combustíveis durante o primeiro ano da nova política de preços anunciada pela Petrobras em maio de 2023. Alguns críticos do “abrasileiramento” dos valores temem que a estatal tome prejuízo e perca competitividade, mas Marcus D´Elia, sócio da LEGGIO, explica que a empresa pratica o “PPI menos”, ou seja um valor cerca de 5% abaixo do preço de paridade de importação, com defasagem de um mês.


Para o especialista, esta estratégia da Petrobras é acertada, pois permite que a empresa capture os ganhos da variação de preços no mercado internacional, reduzindo a volatilidade no Brasil e concorrendo de forma sustentável com os importadores, mas mantendo seu market share.





Commentaires


bottom of page