top of page

LEGGIO Consultoria analisa o mercado de produção de petróleo offshore

A última edição da Revista Brasil Energia, da Editora Brasil Energia, publicou as mais recentes projeções da LEGGIO para o mercado de produção de petróleo offshore. A pandemia de COVID-19 impactou o setor e, por isso, as estimativas realizadas em 2019 sofreram alterações, como o momento do maior volume de produção, que foi adiado para o ano de 2040.


Já o volume produzido deverá ser 6% maior que o projetado anteriormente, pois o novo cálculo considera a entrada em atividade dos novos blocos dos últimos leilões. Estes campos que estão começando a produzir aumentarão a demanda por serviços de apoio e movimentação de carga offshore que, por sua vez, farão expandir as unidades de produção e exploração nas bacias de Santos e de Campos.





Comentarios


bottom of page