Estudo da LEGGIO já havia previsto o fracasso da medida que liberou a Venda Direta de etanol

Em artigo publicado no site EPBR, nosso sócio Marcus D’Elia, analisou o fracasso da nova regra que não atingiu os objetivos de ampliar a concorrência e reduzir preços. Os resultados da medida que liberou a Venda Direta de etanol aos postos de combustíveis já haviam sido previstos por estudo da LEGGIO. Segundo D’Elia, além de questões de mercado, há ainda especificidades do segmento de combustíveis, uma commodity, que precisam ser consideradas e servir de base a outras decisões do setor.


Para quem acompanha o mercado, vale clicar no link e ler o texto na íntegra. https://epbr.com.br/fracasso-da-venda-direta-de-etanol-x-solucoes-para-gasolina-e-diesel/