Estudo da Leggio aponta aumentos nos valores de frete com a aprovação da Lei do Frete Mínimo

A revista Istoé divulgou os principais resultados de um estudo elaborado pela Leggio, a pedido do Sindicom (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes).


O estudo realizado calculou os diferentes impactos nos diferentes tipos logísticos (granéis sólidos vegetais, granéis sólidos minerais, granéis líquidos e cargas gerais). Os resultados apontam um aumento de 29% no frete de granéis sólidos vegetais, caso a Lei seja aprovada nos termos da PL 528/2015.


Leia a reportagem completa em: https://istoe.com.br/sindicom-projeto-de-frete-faria-transporte-de-granel-solido-subir-29/